sexta-feira, 8 de agosto de 2008

Infinitude











[E.Cinelli]

Ahhh, doce aurora, você que figura meus sonhos infantis
Você que me empresta sempre um novo querer
Eu te desejo, eu te chamo
Ao brilho do seu olhar, a tempestade se vai

Eu tenho chorado acordes de uma música morta
Que vive no meu peito, cantarolada pelos anjos perdidos
Ah, se eu pudesse te tocar, e te abraçar
Ah se eu pudesse sorrir, poderia mentir pra mim mesmo

Não sou infeliz, não olhando de fora, o mundo chora mais alto
Clama por um remédio que joguei fora, nas ruas dessa cidade vã
Um belo anjo me chamou pelo nome, acariciou meu âmago
E levou toda substância viva, que percorria minha alma silente

Entendi que pra ver é só fechar os olhos
...fechar os olhos!!!!

...º...

http://www.myspace.com/evertoncinelli

...º...

SHOW DA TRACES DIS 23 DE AGOSTO - INFO:http://www.myspace.com/tracesonweb

Nenhum comentário: