sábado, 12 de maio de 2012

Talking with Miguel Michalski

"... Seria mais simples ser mais um no gado, porque, às vezes eu me acho meio insolente. Paro pra analisar, sou um fudido, que mora numa merda de lugar e cheio de palavras, contradizendo coisas ditas a milênios, achando que pode ser uma peça na mudança generalizada, e às vezes eu quero mais é que se foda... Aí perco o sono, choro sozinho em casa pensando e analisando o mundo, tentando achar um jeito de despertar os demais...
E penso que não podemos passar uma ideia de liberdade, porque nem mesmo conhecemos a liberdade, e, se liberdade é uma ideia, depende de contexto... Não me parece a verdade que andava nua antes das mentiras virarem verbo!" 


(Trecho de uma conversa minha com o produtor da banda =) )

Nenhum comentário: